Contate

Prefeitura fecha escolas e quer suspensão de academias

As medidas assinadas pelo prefeito Jovino Pereira (Democratas) já estão em vigor

Por Luiz Pereira em 06/01/2021 às 20:30:34

A Prefeitura de Barra de Santa Rosa, a 139 km de João Pessoa, emitiu novo decreto com restrições para conter o avanço do coronavírus na cidade. Veja aqui o documento. As medidas assinadas pelo prefeito Jovino Pereira (Democratas) já estão em vigor.

Estão suspensas as aulas da rede municipal de ensino e das instituições privadas. A realização de eventos de massa (governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais e religiosos) não pode ter público superior a 100 pessoas em espaços abertos, e 50 em espaços fechados.

Conforme o decreto, férias e licença prêmio a servidores da Saúde ou de setores estratégicos também estão suspensas na cidade.

Entre as recomendações, a prefeitura pede o fechamento de academias pelo prazo de 15 dias, contados a partir de 4 de janeiro de 2021, "devido à alta rotatividade diária de pessoas nestes locais, ainda que em um mesmo instante não haja público superior a 20 pessoas".

Também pede que que sejam reforçadas as medidas de higienização e disponibilizados álcool em gel 70% em locais de grande circulação de pessoas e no comércio em geral.

"Os serviços de alimentação, restaurantes, lanchonetes e bares deverão adotar medidas de prevenção para conter a disseminação do Covid-19", diz o documento.

"Fica determinado que os estabelecimentos comerciais que não cumprirem as determinações contidas neste decreto, poderão sofrer as penalidades cabíveis, inclusive multa e perda do alvará de funcionamento", finaliza o decreto.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Barra de Santa Rosa tinha, até essa terça-feira (5), 307 casos de coronavírus confirmados, com duas mortes. A cidade tem pouco mais de 15 mil habitantes e fica na região imediata de Campina Grande.

Fonte: Portal Correio

Comunicar erro
Teste 2
Teste 4